Galeria
TransGranCanaria 2012
Redes Sociais
Actividades/Treinos – Todas
Garmin connect LF201xs
Afis/Ovar

AFIS/Ovar


Meia-Maratona Cidade de Ovar

Meia-Maratona Cidade de Ovar

Archive for the ‘Duatlo’ Category

XVI Duatlo de Grândola – Rescaldo

 XVI_Duatlo_Grandola_0002Em jeito de rescaldo, posso dizer que de um modo geral a prova me correu bastante bem:

 com um tempo total de 1:44:31

A prova

Fiz a 1ª secção de atletismo sem grande sofrimento, mas com a sensação de não ter conseguido libertar-me completamente, dai ter a sensação que em condições normais teria feito melhor que os 22′ que fiz até à entrada na zona de transição.

Tal como eu antevia, apesar de na secção de BTT a distância ser mais curta que na prova das Lezírias, esta veio a revelar-se incomparavelmente mais dura e difícil: terreno mais técnico (apesar de grau de dificuldade técnica baixo) mas de uma exigência física muito maior, uma vez que devido à chuva dos últimos dias, praticamente todo o percurso foi feito em lama  … (desde que pratico BTT nunca tinha andado num percurso com tanta lama)  :-)

Por outro lado, havia uma secção de aproximadamente 500 metros em que o percurso estava completamente transformado num rio com mais de 40cm de altura de água (como dizia o speaker de serviço tivemos o privilégio de fazer o 1º triatlo da época)  :-)

Estes factores contribuíram para que o esforço realizado fosse considerável e, no final, o meu pulsómetro indicava uma pulsação média de 165 ppm
Penso ter sido este o motivo para que, na ponta final do BTT, tenha recebido vários avisos de aproximação de cãibras.

Por ultimo, desta vez, a transição do BTT para o 2º segmento de corrida foi menos dolorosa mas, em contrapartida, tive que controlar e dosear bem o esforço para conseguir terminar a prova sem cãibras.

Em resumo, a prova correu bastante bem apesar de ficar um ligeiro amargo de boca pelo facto de ter ficado a escassos 24 s de entrar no Top 10 no meu escalão … Fica para a próxima :-)

Para mais informação consultar o a noticia da prova site da FTP


À margem

Um dos objectivos quando idealizei este projecto, foi aliar o meu interesse e gosto pela prática do desporto com o prazer de, em família, viajar,  conhecer sítios e costumes diferentes.

Assim sendo,  a partida de Ovar  foi feita no sábado de manhã com o objectivo de abandonar a A1 em Santarém e chegar à hora de almoço a Almeirim. Desta vez o restaurante escolhido foi o Quinta de Sant’ana ,  onde não faltou a típica Sopa da Pedra e uma carne de Boi assada bem amanhada.

Após o almoço continuamos a viajem para Grândola por estrada nacional, aproveitando, apesar do dia chuvoso e tristonho,  para ir vendo e ficar a conhecer sítios por onde nunca tinha passado (Samora Correia, Benavente, Pegões,…).

Chegados a Grândola, sempre debaixo de chuva, fomos directos ao local de alojamento, local esse que merece honras de destaque: uma pesquisa na net levou-me a consultar o site de uma casa de alojamento local.
O que vi no site da Mirandas House cativou-me e por ser um conceito diferente resolvi experimentar e, de facto valeu bem a pena seja pela beleza da casa, pela decoração cuidada e de bom gosto, pelo ambiente acolhedor e familiar, passando pela simpatia dos seus proprietários. Altamente recomendável.

Ainda em Grândola e, para quem goste de comida típica,  a não perder a oportunidade de comer no restaurante A Talha onde no sábado à noite, as migas de gata (bacalhau com migas) regadas por um bom tinto da casa e complementadas com uma sericaia com ameixa de Elvas forneceram o aporte energético necessário para a prova do dia seguinte
…claro que assim as pernas pesaram mais um pouco :-)

16º Duatlo de Grândola – 6 e 7 de Março de 2010

Cartaz XVI Duatlo Grandola

Cartaz XVI Duatlo Grandola

Decorre no domingo, dia 7 de Março, a 2ª etapa da Taça de Portugal PORTerra, integrada no 16º Duatlo de Grândola.

Tal como planeado (esta prova faz parte do programa de actividades 2010 do projecto LF201xs) estarei presente à partida para um percurso de 5,9 Km de corrida, 19 de BTT e mais 1,9Kms de corrida.

Apesar das distâncias serem mais curtas que as do duatlo de Vila Franca, antevejo que seja uma prova dura devido às condições meteorológicas que ultimamente tem afectado o nosso país e também, porque não dizê-lo, devido às expectativas que tenho em termos de melhoria de prestações..  :)

Mas no final, o que importa é que tudo corra bem e, acima de tudo, aproveitar o fim-de-semana em família para conhecer Grândola

Para mais informações sobre a prova, consultar http://www.federacao-triatlo.pt/index.php?option=com_content&task=view&id=629&Itemid=1