Galeria
TransGranCanaria 2012
Redes Sociais
Actividades/Treinos – Todas
Garmin connect LF201xs
Afis/Ovar

AFIS/Ovar


Meia-Maratona Cidade de Ovar

Meia-Maratona Cidade de Ovar

5ª edição Laac-Laacar Btt

BTT Laac 2010

Domingo 6 de Junho de 2010 

Aguada de Cima – Águeda

A prova, muito bem organizada pelo Laac,  é composta por uma Meia-Maratona (cerca de 40 Kms) e por uma Maratona (cerca de 80Kms) e realiza-se por trilhos rurais e florestais, na zona de Aguada de Cima (poucos Kms a sul de Águeda)

Na semana anterior à prova ainda pensei em alterar a minha inscrição dos 40 para os 80Kms, mas depois de ponderar melhor e, até porque nesta fase da época ando a treinar muito mais atletismo que BTT, em preparação para o Ultra-Trail Serra da Freita, decidi manter-me nos 40Kms e em boa hora o fiz porque dificilmente iria aguentar os 80Kms

Site oficial da prova

 

Como correu

Apesar de ter ido à prova sem qualquer intuito competitivo, resolvi faze-la a um ritmo elevado a ver o que dava.

Ao contrário do habitual, este ano não choveu e a passagem dos participantes levantava uma nuvem de pó que fez com que em algumas zonas, ao seguir na roda, literalmente não se visse o percurso, não sendo por isso de estranhar que por volta dos 8Kms uma rodada de trator obliqua ao percurso me fizesse desafiar as leis da gravidade e dar um mergulho em seco, felizmente sem consequências de maior, ficando a coisa por uns pequenos arranhões e por um banho de pó reforçado.

Apesar do percalço, rapidamente recuperei o ritmo e cheguei ao cima da subida juntamente com um colega que ficou em 30º lugar.

Na parte da descida, não arrisquei (talvez condicionado pela queda) e perdi o contacto com ele.

Chegado ao final da descida e por volta dos 30Kms comecei a quebrar fisicamente (falta de treinos) e fui sendo passado por alguns concorrentes, (a  juntar a outros que já me tinham passado a meio da descida quando parei para dar assistência a um participante) terminando  a prova na 45ª posição com o tempo de 2:11:25 (a 21m e 36s do vencedor)

Classificações completas

Fotogaleria

Solidariedade – Serviu-me de lição

Apesar de estar a fazer a prova a dar o máximo que podia, tal não impediu que o meu sentido altruísta e de solidariedade falassem mais alto tendo parado para prestar assistência a um participante que estava furado e não tinha bomba de ar. Para não perder muito tempo, e depois de combinar com ele a entrega no final, deixei-lhe ficar a bomba e acabei por deixar ficar também uma câmara de ar a um outro que entretanto também furou, tendo eu continuado o resto a arriscar, porque não tinha mais nenhum material suplente.

Até hoje, e apesar de ter procurado junto da zona de chegada, ainda estou à espera que a pessoa que ficou com a bomba me contacte para ma devolver …

 Serviu-me de lição: a partir de agora só paro para prestar assistência em caso de acidente ou a amigos que encontre no percurso, até porque quem vai ao mar avia-se em terra

Fora dos trilhos

Esta prova é conhecida nos meandros do BTT (pelo menos naqueles com quem me relaciono) como a prova do leitão, isto porque no final, é servido a todos os participantes e acompanhantes inscritos um lauto almoço com leitão e espumante da zona à descrição. Digamos que esta é a prova que quase me faz enjoar de leitão :)
Quanto à organização, nada a apontar: Simpatia, disponibilidade, bons abastecimentos, presença durante o percurso … talvez a sugestão de organizarem um programa para ocupar os acompanhantes (o ano passado tinham umas carrinhas que se deslocavam para zonas de passagem da prova para que estes a pudessem acompanhar).

Há!!  Já agora, não demorarem tanto tempo a disponibilizar as fotos da prova no site

Leave a Reply