Galeria
TransGranCanaria 2012
Redes Sociais
Actividades/Treinos – Todas
Garmin connect LF201xs
Afis/Ovar

AFIS/Ovar


Meia-Maratona Cidade de Ovar

Meia-Maratona Cidade de Ovar

Janeiro de 2011 activo qb :-)

Depois de começar o ano com um  mini-trail de ano novo no dia 1 e uma voltinha de BTT no dia 2 (afinal era necessário queimar as calorias resultantes dos excessos da passagem de ano), terminei o mês de volta à competição na Meia-Maratona de Viana, onde apesar de não ter treinado grande coisa devido a uma lesão contraída a praticar BTT, fiz 1:35:59, tendo obtido  o 617º lugar na geral (127º no escalão M40).

Pelo meio a participação em dois passeios de BTT:  Marcha do Requeson e 1º Raid à Fogaça num total de mias de 290 Kms percorridos e de cerca de 24 Horas de prática de desporto (isto sem contar actividades não registadas tais como algumas corridas ligeiras e entre 2 a 3,5 Km de natação por semana)

Activity Type Count Distance Time Elevation + Avg Speed Avg HR Calories
Running 10 109.78 09:25:40 667 11.6 155 8.298
Mountain Bike 4 138.09 10:32:49 3.066 13.1 140 6.526
Road Cycling 2 22.91 01:01:02 181 22.5 129 627
Trail Running 1 19.37 02:20:51 591 8.3 1.606
Summary 17 290.14 23:20:24 4.505 12.4 144 17.057

XVIII Camiño do Requeson – 16 de Janeiro de 2011

Este passeio de BTT, realiza-se todos os anos no inicio de Janeiro, na povoação de As Neves, na vizinha Galiza.

Da minha parte já começa a ser um clássico, uma vez que esta já é a 3ª participação consecutiva, e já tenho uma prole de amigos que também já participaram nas duas ultimas edições.

É uma prova que se caracteriza por ser algo dura, normalmente com os primeiros 15 a 20 Kms sempre a subir e que, pelo facto de se realizar no inicio de Janeiro, tem ainda os imponderáveis do tempo a ajudar a essa dureza (por exemplo o ano passado o percurso estava em grande parte geado e durante a prova nevou .

Este ano, curiosamente, o tempo esteve óptimo para a pratica do BTT e o percurso escolhido foi, como não podia deixar de ser duro e com muita lama, mas também muito bonito, em especial na parte final, onde percorremos alguns kms pela margem do rio minho.

Foi uma bela jornada de BTT e de confraternização, com o único senão de ter feito uma distensão muscular, por ter escorregado ao pousar o pé quando saia da bicicleta.

Mais informações  sobre o Camiño do Requeson em http://www.cclamprea.com/cclamprea/index.php


1º Raid à Fogaça – 23 de Janeiro de 2011

Uma semana depois do Requeson, mais um passeio de BTT organizado pelo Rotary Clube da Feira, cujo percurso decorreu em zonas onde normalmente ando, mas no qual participei com todo o gosto, uma vez que o mesmo tinha fins de beneficência.

A prova percorreu trilhos do concelho da Feira e de Ovar, com um grau de dificuldade médio/baixo, mas em algumas zonas a exigir algum esforço e pericia devido à muita lama que fomos encontrando.

Uma vez que o percurso só tinha 30 Kms, para fazer um treino mais longo, fui desde Ovar (e voltei) até ao local de partida no centro da Feira de bicicleta.

Mais informações sobre a prova em http://raidbttfogaca.blogs.sapo.pt/


XIII Meia-Maratona de Viana do Castelo – 30 de Janeiro de 2011

Apesar da lesão contraída no Camiño do Requeson me ter impedido de treinar convenientemente corrida nos 15 dias antecedes à prova, fiz questão de estar presente por um lado para atestar o meu nível de forma tendo em vista objectivos a médio prazo e, por outro, por ter uma grande afinidade com Viana do Castelo, capital de distrito de Melgaço , minha terra natal: Sou minhoto :)

Esta meia-maratona, também conhecida por Meia-Maratona Manuela Machado por ser uma homenagem a essa grande atleta filha da terra, é bastante dura devido ao constante sobe e desce, ao vento que por vezes se faz sentir e ao facto de parte do percurso (quase no final) ser em paralelo.

Por outro lado pareceu-me bastante bem organizada, com a oferta de um bom saco aos atletas (onde até não faltou uma garrafa de vinho :) ), com muita participação e com muitos atltetas vindas da Galiza (segundo as classificações mais de 400).

Quanto à minha prova em si, apesar de estar mal preparado, arrisquei um andamento razoavelmente forte no inicio e até aos 15Kms, altura em que “estourei”, a coisa correu bem. Os últimos 6 foram feitos em grande esforço e sofrimento, tendo feito mesmo assim um tempo interessante: 1:35:59 (eu sei que é um preciosismo, mas fiz um esforço final para não passar para o minuto 36 :) )

Mais informações sobre a Meia-Maratona de Viana em http://www.mmviana.com/

Por último referir que toda a “telemetria” destas provas bem como dos treinos e actividades que vou fazendo, podem ser vistos no meu GARMIN Connect

Comments are closed.